Professora Maria Perpétua Teles Monteiro
mperpetuatm@yahoo.com.br

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

IV SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA DE GARANHUNS

Estive participando do  Curso EDUCAÇÃO INCLUSIVA promovido pela Secretaria de Educação de Garanhuns em parceria com o Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão - SECAD/MEC. Com a participação de 37 municípios pernambucanos, o evento aconteceu no Auditório do Hotel Tavares Correia, em Garanhuns.  Minha participação aconteceu na sexta-feira dia 23/09/2011 quando estive conversando com os educadores sobre a Temática: Escola das diferenças. Meu discurso foi direcionado para a Declaração Universal dos  Direitos Humanos argumentando que após sua Proclamação pela Organização das Nações Unidas em 1948 entramos, efetivamente, na era dos Direitos, direitos de toda pessoa e que frente a uma sociedade de exclusão, segregação e classificação precisam ser preservados.

O Curso faz parte do  Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação estabelecido pelo Decreto nº 6.094, de 24 de abril de 2007, é parte integrante do Plano de Desenvolvimento da Educação – PDE, e prevê a conjunção de esforços da União e demais entes federados, atuando em regime de colaboração, das famílias e da comunidade, em proveito da melhoria da qualidade da Educação Básica. 

Por meio de adesão voluntária ao Compromisso, Estados, Distrito Federal e Municípios assumem a responsabilidade de promover a melhoria da qualidade da Educação Básica em suas esferas de competência, cumprindo metas de evolução do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), observando-se as diretrizes relacionadas ao referido Decreto.

As adesões ao Compromisso norteiam o apoio suplementar e voluntário da União às redes públicas de educação básica dos entes federados e ocorrem mediante a elaboração de um Plano de Ações Articuladas (PAR). O PAR é um conjunto articulado de ações que visa o cumprimento das metas do Compromisso e a observância das suas diretrizes, a partir de um diagnóstico feito em parceria com técnicos do MEC. 

É fundamental mencionar que a realização do diagnóstico, bem como a elaboração do PAR forma feitas de forma participativa, tendo sido a coleta de informações e o seu detalhamento obtidos a partir da discussão conjunta entre os membros da equipe técnica local criada para este fim. 
De forma detalhada, o trabalho foi realizado conforme a seguinte sistemática: Foram consideradas quatro dimensões para análise e geração do diagnóstico e do PAR: Gestão Educacional; Formação de Professores e dos Profissionais de serviço e apoio escolar; Práticas Pedagógicas e Avaliação; e Infra-estrutura e Recursos Pedagógicos. Neste caso, Formação de Professores. Curso que aconteceu com a seguinte programação:
20/9/2011 (terça-feira)21/9/2011 (quarta-feira)22/9/2011 (quinta-feira)23/9/2011 (sexta-feira)
8h
9h
9h30
10h
10h30



11h30
12h
13h30


15h
15h30
15h50 
17h
17h30
19h 
Credenciamento;
Coffee Break; 
Mesa de Abertura;
Apresentação Cultural;
Conferência: A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva; 
Debate; 
Almoço; 
Painel: Relato de Experiências: O processo de inclusão nas Escolas Municipais;
Debate; 
Intervalo;
Palestra: A escola das diferenças; 
Debate;
Vídeo; 
Encerramento.

8h
8h20


9h30
10h
10h20

11h30
12h

13h30


15h
15h30
15h50



17h
17h30

19h
Apresentação Cultural;
Painel: Relato de Experiências: O processo de inclusão nas Escolas Municipais;
Debate;
Intervalo;
Mesa: A Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência;
Debate;
Almoço;
Painel Expositivo: A atuação das Associações frente aos desafios;
Debate;
Intervalo;
Mesa: A garantia dos direitos e a inclusão social da pessoa com deficiência em Garanhuns;
Debate;
Amostra de Experiências – Banner dos Municípios
Encerramento.

8h
8h20





9h30
10h
10h20




11h30
12h
13h30


15h
15h30
15h50

17h30
18h
19h

Apresentação Cultural;
Palestra: O Decreto nº 6.571/2008 e as Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado – AEE na Educação Básica;
Debate;
Intervalo;
Painel: Relato de Experiências: O Atendimento Educacional Especializado nas Salas de Recurso Multifuncional;
Debate;
Almoço;
Mesa: Tecnologia Assistiva e Inclusão Social das Pessoas com Deficiência;
Debate;
Intervalo;
Mesa: O AEE da pessoa com Deficiência Intelectual;
Debate;
Vídeo;
Encerramento.


8h
8h20



10h
10h20


11h30
12h
13h30




15h
15h30
15h50
16h30
17h 

Apresentação Cultural;
Mesa: A Escolarização e o Atendimento Educacional Especializado da pessoa com deficiência visual;
Intervalo;
Mesa: O Atendimento Educacional Especializado da pessoa com surdez;
Debate;
Almoço;
Palestra: A Escola na perspectiva da Educação Inclusiva – construção do projeto político pedagógico da acessibilidade;
Debate;
Intervalo;
Avaliação do encontro;
Entrega dos certificados;
Encerramento
INFORMAÇÕES RETIRADAS DE: 
ACESSE:

2 comentários:

Cicero Ramos disse...

Profª. Quero sinceramente agradecer-lhe pelas observações que fez junto aos alunos do EREMG, sobre o livro "FRASES BRILHANTES". É a soma de tudo,a boa vontade das pessoas,que fazem as coisas acontecerem. Obrigado. J.Cícero Ramos.

Perpétua disse...

Olá, Seu Cícero!
Não saberia dizer da satisfação e alegria com que contribuo com o mínimo que posso. Quanto as observações: todas verdadeiras (fato).
Olhe, me fale como foi a experiência, de escritor/expositor, na Bienal de Pernambuco.
Abraços!